Informação foi confirmada por Cristina Palmaka, presidente da provedora alemã de sistemas de gestão no país

Agora vai! A SAP colocou um prazo e indica que seu data center em solo brasileiro entra em operação em setembro de 2016. A informação foi confirmada por Cristina Palmaka, presidente da provedora alemã de sistemas de gestão no país, à Computerworld Brasil.

A infraestrutura consumiu R$ 19 milhões em investimentos, ficará localizada dentro do site de um parceiro da companhia no estado de São Paulo e suportará ofertas de serviços em nuvem, especialmente soluções Ariba e SucessFactors.

A estratégia sai do papel quase dois anos após o anúncio oficial. A fabricante revelou, ainda em 2014, que teria um centro de processamento em território brasileiro. Na ocasião, a previsão era de inaugurar o data center já no primeiro trimestre do ano seguinte.

Contudo, depois de algum tempo, o plano parecia ter sido abortado, até que, em março de 2016, a companhia afirmou que projeto continuava de pé e a infraestrutura seria inaugurada no terceiro trimestre do ano.

O data center sai do papel em um momento interessante para a SAP, que vê suas soluções em nuvem ganharem relevância. Trimestre após trimestre, a provedora reporta avanço nas vendas de seu portfólio de cloud.

Um centro de processamento local pode dar mais fôlego à estratégia e alavancar novas oportunidades. Isso porque, segundo Donald Feinberg, vice-presidente do Gartner, as empresas brasileiras valorizam o fato de que seus sistemas estão rodando no país.

Cristina reforça cloud como uma frente de negócios importante para a provedora no Brasil, embora reconheça que ainda existem muitos clientes brasileiros comprando sistemas on-premises. “Hoje a maior parte do resultado ainda vem de soluções em instaladas. Mas o crescimento em nuvem é mais acelerado”, comenta.