Lidar com as características, expectativas e diferentes necessidades motivacionais de baby boomers, millennials e também das gerações Y e Z é um tremendo desafio para a gestão de RH: Além das divergências que inevitavelmente podem surgir, é preciso alocá-los nos cargos em que eles vão ter mais produtividade e um nível de colaboração que promova os objetivos da empresa.

Você enfrenta essa situação no dia a dia? Para desenvolver ao máximo as potencialidades desses perfis de colaboradores, o primeiro passo é conhecer as características de cada geração. Que tal fazer isso agora? Continue a leitura deste post e descubra quem são eles e como engajá-los!

Diferentes gerações e a gestão de RH:

Baby Boomers

Nascida entre 1946 e 1964 nos Estados Unidos, essa geração aprendeu desde cedo que o trabalho árduo, metódico e individual garantiria seu lugar ao sol, ou o conhecido sonho americano. O emprego é sua identidade e, para eles, estabilidade na carreira é um grande atrativo.

Como nasceram e cresceram antes do boom do desenvolvimento tecnológico, atuar com esses meios não é o forte dessa geração. Também são pouco influenciáveis por outras pessoas.

O principal desafio dessa geração é aceitar e se adaptar a mudanças, uma característica essencial nesse mundo em constante transformação.

Geração X

Logo em seguida aos Baby Boomers veio a Geração X. Grande parte dos atuais executivos pertencem a essa cultura. Estrategistas, buscam o acúmulo de riquezas para financiar um determinado patamar de qualidade de vida.

Eles são dedicados à empresa, comprometidos com seus objetivos, trabalham desde cedo e tendem a permanecer no mesmo ambiente de trabalho durante anos. Por terem vivenciado o início da evolução tecnológica, se adaptam bem à sua utilização, inclusive no ambiente de trabalho.

Geração Y

A geração Y ou Millennials é composta pelo grupo nascido entre 1980 e 1995. Hoje, ela forma uma parcela cada vez maior da força de trabalho. Eles vivem conectados e executam várias tarefas ao mesmo tempo — são os chamados multifuncionais.

São ousados, aprendem muito rápido, apreciam feedback constante, gostam de inovar e geralmente detestam ambientes que não estão em constante evolução ou a monotonia. Como cresceram em um mundo de transformações rápidas, também buscam o crescimento profissional em curto prazo.

Assumem riscos, mas o maior desafio da gestão de RH é mostrar que seu trabalho tem um significado maior, que pode causar impacto na sociedade. É esse tipo de abordagem que produz o engajamento que leva a resultados.

Geração Z

Após meados dos anos 90, veio a geração Z. Alguns poucos já estão começando a chegar ao mercado de trabalho. Vivendo na era das redes sociais, são conhecidos pelo seu individualismo e comportamento antissocial.

Já nasceram conectados à internet, viveram um momento em que o contato presencial, inclusive com a família, deixou de ter a mesma importância das gerações anteriores. Acostumados a obterem tudo em um clique, são imediatistas e não demonstram muita paciência com pessoas que necessitam de ajuda para utilizar recursos que eles dominam.

Existem muitas críticas a essa geração, mas o fato é que apenas alguns poucos deles já iniciaram a vida profissional e a maioria ainda frequenta os bancos escolares. É possível que grande parte desses receios se mostrem infundados à medida que eles amadurecerem.

Afinal, toda geração chega ao mercado com suas dificuldades características, mas também com um conjunto de qualidades que, quando conhecidas pelos gestores de pessoas e devidamente aproveitadas pela organização, geram uma onda de inovação e aperfeiçoamento.

Como você pode perceber, cada uma dessas gerações viveu momentos sociais completamente diferentes, o que modelou sua forma de pensar e agir, inclusive no ambiente organizacional.

Cabe à gestão de RH conhecer cada uma delas e atuar para prover um ambiente propício para o aproveitamento de suas habilidades, bem como reduzir os impactos dessas diferenças, garantindo que as melhores qualidades de cada uma delas sejam empregadas no benefício mútuo e crescimento da companhia.

Identificou os colaboradores de sua empresa nessa descrição? Sabe como lidar com eles no dia a dia? E quanto aos outros desafios relacionados ao capital humano em sua empresa? Saiba mais sobre como lidar com as diferentes gerações e como levar uma experiencia do empregado que engaje e retenha os seus talentos, neste webinar com as especialistas de valor para RH da SAP

Employee Experience - Como viabilizar um projeto de RH?

Employee Experience – Como viabilizar um projeto de RH?