O executivo Donald McGannon disse certa vez que a liderança não tem a ver com cargos, mas sim com ações. Muitas pessoas apresentam características de liderança mesmo que não ocupem tais posições formalmente. São esses colaboradores que merecem a sua atenção e a sua dedicação com foco na formação de líderes.

Esqueça a ideia de que você só conseguirá os melhores líderes buscando novos profissionais no mercado de trabalho. É hora de valorizar e investir nos talentos que você tem dentro da sua empresa.

Desenvolver a liderança dos seus colaboradores é essencial para melhorar a produtividade, aumentar o engajamento, maximizar os resultados, amenizar os conflitos, turbinar o clima organizacional e ainda reduzir custos. Por isso, continue lendo para compreender a importância de identificar líderes entre os seus colaboradores e para saber como prepará-los para assumir esse papel dentro da empresa.

Identifique quais competências podem ser trabalhadas

Se você deseja preparar um colaborador para a liderança, é essencial descobrir quais são as competências que precisam de aprimoramento. Para isso, preste atenção na maneira como ele executa as tarefas e no modo como ele entrega os resultados.

Realizar consultas com os superiores diretos e até com colegas de trabalho também é um bom caminho para descobrir o que precisa ser melhorado. Porém, essa investigação deve acontecer discretamente, a fim de não causar mal entendidos.

Desenvolva treinamentos para formação de líderes com base nas competências esperadas

Depois de identificar as competências que merecem mais atenção, é preciso elaborar um plano de ação para que esse colaborador chegue ao patamar de um líder. Realizar treinamentos, mesmo que de maneira não oficial, é essencial para que ele se desenvolva.

Incentivar mais tarefas em grupos, caso ele precise melhorar o trabalho em equipe, ou desafiá-lo a realizar a apresentação de um projeto, caso ele precise aprimorar as habilidades de comunicação, são exemplos práticos desses treinamentos.

Estimule a autogestão e a responsabilidade do colaborador

Para que a formação de líderes apresente resultados, a empresa deve eliminar os focos de microgerenciamento, que acontecem quando um gestor se envolve demais com o trabalho dos colaboradores, impedindo que eles tomem decisões sozinhos.

O futuro líder deve estar apto a decidir como executar suas tarefas da melhor maneira. Ele também deve ter a virtude de chamar a responsabilidade para si quando for o caso. O colaborador que se gerencia e é responsável dificilmente será um mau líder.

Desenvolva as habilidades interpessoais e de relacionamento

Mais do que dominar o conhecimento técnico e conhecer o negócio, um bom líder deve saber se relacionar com pessoas. Sem as habilidades de relacionamento, não existe liderança que se mantenha por muito tempo.

Saber ouvir, dar feedback, gerenciar conflitos e motivar os colegas são algumas das competências interpessoais que farão do seu colaborador o líder que a sua empresa precisa e merece.

Agora que você percebeu a importância de incentivar a formação de líderes dentro da sua empresa e descobriu como desenvolver o potencial de colaboradores com perfil de liderança, entenda como a inteligência comportamental melhora o engajamento do seu time!