Você já ouvir falar em avaliação 360º? Esse é um excelente instrumento para a gestão de pessoas, pois dá uma visão mais global sobre as competências dos colaboradores e os pontos que precisam ser trabalhados.

Por isso, pode ser exatamente o que faltava para você engajar mais as equipes e aumentar a produtividade!

Ficou interessado? Então continue lendo o nosso post e entenda mais sobre a avaliação 360º!

O que é avaliação 360º

A avaliação 360º é um método de avaliação de desempenho bastante utilizado por empresas de diversos portes e segmentos.

Costuma ser um instrumento muito mais assertivo de avaliação, justamente porque permite uma visão mais integrada e ampla de diferentes pontos de vista a respeito do mesmo colaborador.

Como a avaliação funciona

Na avaliação 360º, o colaborador recebe feedbacks estruturados, não apenas de seu gestor direto, mas também de seus pares, subordinados e outros colegas, além dele mesmo se avaliar.

Dessa forma, a avaliação não fica restrita a apenas um ponto de vista, facilitando identificar os pontos fortes e qualidades de cada colaborador, assim como os aspectos em que ele precisa se desenvolver melhor.

O mais interessante desse instrumento é que o colaborador só tem acesso ao resultado final da avaliação, sem saber quem o avaliou, evitando as famosas perseguições e “birras” que tanto se vê após esses períodos.

avaliação 360º

Demonstração Gratuita: Plataforma para gestão do RH estratégico

As vantagens da avaliação 360º

Visão multidisciplinar

Como não poderia ser diferente, a grande vantagem de fazer esse tipo de avaliação é que a sua empresa não se prende apenas a um ponto de vista ou não corre o risco de trabalhar com informações limitadas a respeito dos colaboradores.

Muitas vezes, o gestor direto não consegue identificar falhas que são facilmente percebíveis pelos pares, por exemplo, mas que impactam diretamente no desempenho do indivíduo. Por isso, uma visão 360º é muito mais completa e proporciona dados extremamente ricos para a análise.

Processo mais coerente

Como a avaliação 360º envolve várias pessoas de diferentes níveis hierárquicos dentro da empresa, incluindo o próprio colaborador, a tendência é que os indivíduos absorvam melhor os feedbacks e achem as avaliações de desempenho mais justas e confiáveis.

Com esse tipo de instrumento, não há margem para o famoso “fulano me persegue”, uma vez que a performance de cada um está sendo mensurada por diversas fontes.

Maior crescimento pessoal

Quando o próprio colaborador participa de sua avaliação, o crescimento pessoal tende a ser maior, justamente porque ele passa a aprender a detectar suas falhas e pontos positivos.

Some a isso a riqueza de feedbacks que você conseguirá extrair de cada participante e você terá em mãos importantes informações para acelerar ainda mais esse processo.

Grande poder de organização

Aplicar a avaliação 360º em toda a empresa cria uma frequência de dados e processos que, quando analisados e armazenados da forma correta, podem ser combinados de diversas formas para detectar padrões consistentes de um colaborador.

Ou seja, é possível construir um histórico para entender melhor porque determinado indivíduo ou equipe não estão atuando da forma como deveriam e implementar melhorias para aumentar a produtividade.

A avaliação 360º costuma ter uma aceitação muito maior dos colaboradores e, além de gerar informações valiosas para a equipe de RH, incentiva a autoavaliação e a busca do próprio indivíduo pelo seu desenvolvimento, uma vez que ele consegue entender melhor como as outras pessoas o enxergam dentro da empresa.

Gostou da nossa dica sobre utilizar a avaliação 360º para medir o desempenho dos colaboradores da sua empresa? Então não deixe de compartilhar este post com a sua rede de contatos, afinal, trocar informações nunca é demais!